Martelo de Deus

Se você entrou aqui, talvez pergunte: Por que Martelo de Deus? Bem, a resposta é simples. Meu nome no latim significa martelinho. E o martelo é um instrumento para pregar. Então, sou um pregador até no nome. Escolhido e registrado por Deus. Heheheheheheheheheheheheheheheheeheheheh. Como martelo de Deus, vivo martelando ,ou seja, pregando.
"Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina".
II Timóteo 4.2

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Santificação!!

Cuidado quando você canta, ora; Quero te ver! Quanto mais você se aproximar d'Ele, mais você vai se ver. E como Isaías, que já era profeta, já falava em nome de Deus, já tinha um certo conhecimento da pessoa d'Ele, você vai precisar se deparar com seus pecados e ver o ambiente pecaminoso que você está. Mas, não se preocupe, quando Deus se depara com um servo arrependido, sua manifestação é sempre de graça e misericórdia. Sua ação é purificadora e desafiadora. Após ser tocado pela brasa é que os ouvidos do profeta se abriram ao Clamor missionário que veio dos céus.

A palavra diz: Segui a paz com todos, e a SANTIFICAÇÃO, sem a qual ninguém verá o Senhor (Hebreus 12:14)... Santificação é um processo contínuo, só para quando Jesus voltar. As palavras "santificar", "sagrado" e "santo" são traduções da mesma palavra grega. Santificar não significa tornar sem pecado, mas, separar pra Deus. O discípulo de Jesus está separado do pecado e para Deus. Santificação acontece nos três modos indicativos: passado, presente e futuro. Estamos autorizados a falar: fui santificado; estou sendo santificado; ainda serei santificado. Por isso não se assuste quando você vê que não é tão "puro" quanto pensava. E isso vai acontecer!! Tão somente: Arrependa-se e continue o processo!!

Meus filhinhos, escrevo-lhes estas coisas para que vocês não pequem. Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo. Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo. 1 João 2:1-2

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Oração!

Temos a ideia que oração é inércia. Muitos acham que orar não é uma ação. E que só orar é inútil. Esquecendo que as vezes é o único recurso. Mas, ainda que não seja o único, deve ser sempre o primeiro. Bem, não conheço ninguém que tenha uma vida de oração verdadeira que não tenha atitude. A grande questão é que existem aqueles que ao orarem mais, suam menos. E aqueles que oram menos e suam mais. Por isso, muitos estão cansados e desanimados. A grande questão é que somos imediatistas e presunçosos. Gostamos de orações SEDEX. Muito do que temos feito como igreja não é vontade de Deus e usamos a desculpa que devemos ser uma igreja atuante e andamos de forma independente de Jesus. A grande questão é que quando oramos nos alinhamos com a vontade de Deus e muitas vezes isso não acontece rapidamente. Pode levar horas, dias, semanas, meses, anos, mas, quando o alinhamento com seus propósitos acontece é arrebatador e aquilo que muitos gastaram tempo, suor e energia para tentar realizar algo que nunca aconteceu ou vai acontecer de fato, acontece em um tempo ridiculamente menor, por causa de um tempo bem maior investido em oração.

Aqueles que deixaram a mais profunda marca nesta Terra amaldiçoada pelo pecado foram homens e mulheres de oração. D.L. Moody
Ser um cristão e não orar é tão impossível quanto viver e não respirar. Martin Luther King Jr.
Sempre que Deus tenciona exercer misericórdia para com seu povo, a primeira coisa que faz é levá-lo a orar. Matthew Henry
Tenho passado dias e até semanas prostrado ao chão, orando, silenciosamente ou em voz alta. George Whitefield
A oração é um instrumento poderoso não para fazer com que a vontade do homem seja feita no céu, mas para fazer com que a vontade de Deus seja feita na terra. Robert Law
Sussurros que não podem ser expressos em palavras são freqüentemente orações que não podem ser recusadas. Charles H. Spurgeon
A oração é o meio escolhido por Deus para realizar os Seus propósitos soberanos através de homens submissos. André Aloísio
A oração é o antídoto para todas as nossas aflições. João Calvino

sábado, 3 de maio de 2014

Unidade por Unidade

Deus não se relaciona com o homem por aquilo que o mesmo pode fazer para Ele. Ele não quer o que o homem faz. Ele quer o próprio homem como filho. O fazer se torna uma resposta de amor. Por que queremos nos relacionar com nossos irmãos em Cristo fora desde padrão divino? Por que o objetivo de termos aliança tem que ser o que fazemos? Não posso ter comunhão pelo simples objetivo do relacionamento e da edificação mútua. Quando buscamos alianças só por questões ministeriais isso também não é um atitude interesseira? Frases como: "Só tenho tempo para quem investe no meu ministério", "Quem tem aliança investe financeiramente", deveriam ser abolidas no nosso discurso de unidade. É uma vergonha!! Quando você fala a alguém: Vamos passar um tempo junto e a pessoa pergunta: Por que? Qual o objetivo? O que você quer? Parece uma facada no meu coração. Pior é quando respondem: Não tenho tempo! Como diz Luciano Feu: Muitos estão envolvidos em sua grande obra. Chega disso irmãos!! Vamos nos relacionar por sermos família de Deus. Esse sempre foi seu propósito eterno: Uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus. Deixem o fazer juntos acontecer por naturalidade, identificação e relacionamento. Chega de eventos de unidade para juntar pessoas como desculpa para levantar fundos. Quer fazer um evento beneficente? Ok, sem problemas. Desde que deixem a contribuição ser voluntária e do coração e não querendo usar a unidade como meio de uma arrecadação obrigatória. Não se relacione esperando retorno. O objetivo da unidade é o próprio relacionamento com a família de Deus. O que faremos quando estamos sendo um é consequência e direção divina.

terça-feira, 22 de abril de 2014

Adoração Profética



Na visão da Oração Coletiva é preciso entender a importância da adoração cantada como forma de nos dirigirmos a Ele. Quando cantamos oramos e quando oramos cantamos (a ideia da palavra Psalmos: Orações Cantadas ou Canções Oradas). Agora esta adoração cantada não pode ser só uma forma de declarar a Ele quem ele é para nós. Ela precisa ser profética. Em Is. 6. 1-9 temos o chamado do profeta. Em uma visão ele se depara com quem Deus é. Percebemos que existe uma adoração pronunciando a santidade de Deus. Os Serafins não só estão declarando, eles estão em contato com a Santidade de Deus. Ao ponto de um par de suas asas cobrirem o rosto de cada um. E esta santidade, na manifestação da sua Glória (Caráter Pleno de Deus) incomoda Isaías trazendo uma perspectiva real de sua situação e da situação do meio que ele está inserido. A consciência de seu pecado e do pecado coletivo alcança sua mente e seu coração ao ponto de temer o contato com a Glória de Deus. O quebrantamento gera uma resposta, a purificação da parte de Deus pela brasa que toca em seus lábios. Isaías está apto para ouvir, obedecer e falar em nome deles. Nossa adoração precisa ser também profética. Onde ao declarar quem Deus é, estamos também trazendo a manifestação de sua presença, tão real que pessoas mudam e ambientes são transformados pela realidade de quem Ele é em nós. Quando você estuda a transformação de comunidades ao longo do globo. Exemplo do que aconteceu em Uganda, Cali, Fiji… Você vai ver que a unidade da Igreja destes lugares, a Adoração e Oração coletiva levou o povo ao alinhamento com a vontade e a palavra de Deus trazendo um avivamento genuíno.

A importância da Casa de Oração e do quarto Secreto.

Introdução:

Recapitulando (Is. 56: 3-8; Ef. 2. 19-22; Heb. 3. 1-6; Mateus 7.24-27)

Nós somos a Casa de Oração. No V.T foi dado aos estrangeiros o privilégio de entrar na casa e poder orar e optar pela promessa de que o Senhor daria alegria a eles. Na nova aliança, o privilégio aumenta. Os estrangeiros, os que não são da linhagem judaica, são incluídos no Israel Espiritual e recebidos pelo Pai como filhos sendo agregados a Sua família e além disso, a honra de entrar na casa para se relacionar com Ele é inferior, em Cristo,  a honra de sermos considerados o lugar de Sua Morada. Nós somos o lugar do Encontro, do Dialogo, da Reposta, da Manifestação da sua presença. Desde que Cristo seja o fundamento. Temos que estar alicerçados n'Ele. Ele é a Rocha, a base, o Alicerce. Firmados em Cristo não ruímos diante dos ventos das provações, das ondas das aflições e dos tremores das tentações.

A Casa de Oração

Quando pensamos na Igreja como Casa, precisamos de uma visão coletiva. Ninguém é casa sozinho. Nos versículos lidos percebemos que a visão de corpo sempre está inserido na característica de igreja como a Casa de Deus. Não somos Casa de Deus sozinhos. A concepção da casa é singular e a sua edificação é plural. Só existe uma Casa que Deus habita e nós somos as pedras vivas que formam esta. Se nós somos a casa, precisamos entender a importância da oração coletiva. De estarmos congregados para falar com Ele e ouvi-lo e de falarmos com Ele e Ele nos ouvir como uma só voz em um mesmo propósito de buscá-lo.

O quarto Secreto

Em Mateus 6.6 Jesus traz a realidade da importância do quarto secreto. Em uma casa temos locais que são de uso coletivo. Mas, o quarto vai falar de particularidade, no sentido de um canto seu. Não é um lugar de exclusividade, só seu, mas, de privacidade. É importante a vida coletiva de oração. De estarmos juntos em uma só voz buscando a Ele. Mas, sem uma vida particular de oração e busca de intimidade, de relacionamento com ele, esta ação coletiva se torna sem sentido. Precisamos ter nosso momento a sós com Deus diário. É incoerência querermos participar de um movimento global de oração sem termos uma vida de oração. É no quarto secreto que a oração do Pai nosso passa a ter sentido. É no meu momento com o Pai. No momento que eu como filho, longe de meus irmãos, estou desfrutando da presença d'Ele. Só eu e Ele. Numa casa de muitos irmãos, existem filhos que não se contentam com a presença do Pai com toda família reunida. Isto não é suficiente. Precisam de um momento a sós com Ele. Um momento de segredos pessoais, de um choro em seu colo, de uma adoração com uma pessoa só no lugar de uma plateia. É ai que entendemos que o Pai não tem filhos prediletos, mas, com certeza, Ele possuem filhos mais íntimos.

Conclusão

Existem pessoas que buscam uma vida coletiva de oração sem ter uma vida particular de oração. Precisamos mudar isso. Mas, uma vida particular de oração que não me leva a buscá-lo junto com meus irmãos também é errada. Quarto secreto sem estarmos reunidos como a Casa de Deus perde seu sentido. Precisamos do Convívio da Casa. Do convívio com as pessoas que fazem parte dela. Com toda a família ali presente. Deus tem nos chamado ao equilíbrio nesses dias. Precisamos buscá-lo em um relacionamento particular e coletivo. Devemos orar no secreto e no coletivo. A minha dieta pessoal de oração precisa aumentar e na vida da Igreja de Cristo também, seja aonde estiver reunida, como Casa de Oração que somos.

sábado, 5 de abril de 2014

Manifestando o Reino

Algum tempo atrás, um grupo de jovens se reuniam para orar na praça dos 3 poderes pelo Brasil. Eu e minha esposa Eid Shanty de Sousa, participávamos desses momentos. Deus vem cobrando isso dela, dando uma direcionamento pela irmã Judith de Melo e ontem Deus falou forte comigo na Cultura do Reino em Samambaia quando a Juliana Calcado ministrava uma palavra punk e pesada. Bem, convocamos você para estar nessa mobilização conosco. Faremos com base em adoração, proclamação, intercessão e atos de justiça. Começaremos neste sábado e durante um período com Adoração e Proclamações. Provavelmente será todo 1° sábado do Mês. Entendemos que quando adoramos estamos levantando o trono de Deus. E onde Deus Reina não há espaço para o inimigo. Proclamando a palavra tiramos qualquer oportunidade do inimigo em refutar. Combine com a turma que você congrega ou com outros irmãos. Mobilize quem tem carro e nos encontre lá na praça dos 3 poderes para juntos levantarmos um trono de Adoração a Deus sobre o Brasil. Quem já está nessa pegada em outras localidades e cidades satélites ou entorno, vamos nos juntar a favor do Brasil. Aguardamos vocês!


Eles seguirão o Senhor; Ele rugirá como leão. QUANDO ELE RUGIR, OS SEUS FILHOS VIRÃO, OS SEUS FILHOS VIRÃO TREMENDO desde o Ocidente. Oséias 11:10

Aguardamos todos os filhos! Quem tem ouvido que ouça o Rugido do Leão!! É tempo dos filhos se ajuntarem. Que venha os filhos e se manifestem.



quinta-feira, 27 de março de 2014

Pais na Fé

Quando pensamos em paternidade devemos reconhecer a orfandade em nosso país. Um lar sem a figura paterna sadia rouba a oportunidade de alguém entender Deus como seu pai. Pois Deus sempre teve o propósito de ter uma grande família, com muitos filhos, semelhantes a Jesus. Deus quer levantar pais na fé para resgatar este propósito, não para gerar cabresto, mas, encaminhar as pessoas para a paternidade divina e entender a graça da adoção. Não somos somente criação d'Ele. Somos filhos!!

Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus. 2 Timóteo 2:1
Apelo em favor de meu filho Onésimo, que gerei enquanto estava preso. Filemom 1:10
Aquela que está em Babilônia, também eleita, envia-lhes saudações, e também Marcos, meu filho. 1 Pedro 5:13
A Tito, meu verdadeiro filho em nossa fé comum: Graça e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Salvador. Tito 1:4
Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade. 1 João 3:18
Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: "Aba, Pai". Romanos 8:15